Turismo | Maraú


Partindo de Itacaré basta uma travessia de lancha de meia hora por um trajeto pra lá de lindo e chegamos a essa incrível e deslumbrante península, repleta de ilhas e ilhotas, cada uma com seu nome e sua história. Ilha do Tubarão, ilha do Sapo, e assim por diante. Uma cachoeira maravilhosa nos aguarda e invade nosso barco e banha-nos de energia com sua água quase morna e revigorante. Os orixás puseram suas mãos aqui.
Chegar no vilarejo de Maraú é bastante agradável pois como em todos os cantos da Bahia gente sorridente e feliz te recebe com carinho. Um vilarejo simples mas com pousadas, restaurantes e lojinhas pitorescas. Chão de terra batida, simples, mas do jeito que a gente quer.
Nossa deliciosa hospedagem  foi o Kiaroa Eco  Luxury Resort que fica escondido e que emoldura um verdadeiro paraíso. Com chalés aconchegantes e serviço primoroso e atencioso encantam todos os hóspedes. Uma piscina dos sonhos. A gastronomia é um deleite a parte. Impossível não babar com tantas delícias preparadas por mãos tão abençoadas. Quantas apetitosas Moquecas, Bobós, Ensopados, Catados e Fritadas não comemos. E os bolos de Tapioca, Coco, Maracujá e Abacaxi então. De perder o juízo e encher a pança.
O negócio é caminhar pela paradisíaca praia todos os dias sem limite de distância, indo até onde aguentar. Imperdível a beleza de Taipu de Fora num entardecer quando a maré avança e forma piscinas deslumbrantes com o reflexo de um pôr do sol de enlouquecer.
Pirei, piramos, alucinante o visual. Maraú é um cantinho da Bahia pra voltar e voltar e voltar.
Depois conto do Spa em Estilo de Vida, um capítulo a parte.
(nossos trajetos foram realizados com Neto da empresa Bicho do Mato, inclusive o retorno Maraú/aeroporto Ilhéus)