Gastronomia | Nas Montanhas


As montanhas são geladas e assim necessitamos sempre de comidinhas mais quentes.
Quem não curte um denso chocolate quente diante de uma montanha de neve? Há quem prefira os chás, eu mesmo sou adepto do café pelando com deliciosos biscoitinhos.
Mesmo um bom Fondue de Queijo acompanhado de um vinho tinto de uva especial ao lado de uma lareira esfumegante. Que delicia de vida!
Ninguém é bobo e viver intensamente o que lugares como as montanhas tem a oferecer é bastante intenso e apaixonante.
Sou de um país tropical e não estou acostumado a passar alguns dias na montanha, ainda mais que não sou nem um pouco adepto do Ski. Sou ruim mesmo. Mais, muito mais do que ruim.
Por isso o jeito é usar o que se tem às mãos e aproveitar intensamente.
Todos comemos nas montanhas muito mais do que em outra época do ano.
Um restaurante delicioso chamado “Adler”, premiado pelo Michelin como o melhor suíço em 2016, apresentou-nos um menu espetacular repleto de comidas rústicas da montanha com sabores únicos. Essa experiência foi-nos proporcionada pelo incrível empresa Wine Tours (http://www.wine-tours.ch), empresa de turismo especializada em roteiros gastronômicos harmonizados na montanha. O Wine Tours levou-nos a uma mais do que boutique vinícola chamada Adank. Um vinho mais apaixonante do que o outro.
Imagine você passar um dia inteiro entre pequenos vilarejos encantadores, entre videiras, entre lagos e montanhas e ainda por cima beber e comer maravilhosamente bem?
O supra sumo do verdadeiro luxo de quem sabe de verdade aproveitar a vida.
Por isso garimpar é ir atrás do todo, buscando os mais diferenciados sabores para que possamos gritar ao mundo as delicias de cada canto.
No final do dia parei diante do infinito das montanhas nevadas com um delicioso espumante nas mãos e apenas gritei em alto de bom tom: “Um Brinde à beleza de cada lugar, à sabedoria de cada povo e à grandiosidade de cada cultura”.