O grande olho de Niemeyer



Uma obra única.
Uma obra do grande mestre.
Uma obra para falarmos do grande mestre no sul de nosso país, no Paraná, bem distante de sua terra natal dos braços de Minas Gerais.
Estamos em Curitiba, uma das mais premiadas capitais do Brasil e do Mundo afora.
Quero divulgar o olhar dessa referência chamada Oscar Niemeyer que hoje tem um museu com próprio nome valorizando as Artes Visuais, a Arquitetura e o Design.
O complexo de dois prédios, instalado em uma área de trinta e cinco mil metros quadrados (dos quais dezenove mil são dedicados à área de exposições), é um verdadeiro exemplo da Arquitetura aliada à Arte.
O primeiro prédio foi projetado por Oscar Niemeyer em 1967, fiel ao estilo da época, concebido como um Instituto de Educação. Este edifício possui o segundo maior vão livre do Brasil, com 65m. Foi reformado e adaptado à função de museu, para o qual Niemeyer projetou o anexo, lembrando um olho e imprimindo-lhe uma nova idenjjiiitidade característica.
Inaugurado no dia 22 de novembro de 2002 com o nome de Novo Museu, com a conclusão do anexo foi reinaugurado em 8 de Julho de 2003, recebendo a atual denominação. É conhecido localmente como Museu do Olho, devido ao design de seu edifício e como MON, abreviatura para Museu Oscar Niemeyer.
Está aberto para visitação de 3a a Domingo das 10 às 18 horas. Em seu subsolo uma exposição permanente explora as principais obras do mestre do urbanismo no Brasil com maquetes, projetos e mapas. Reconhecemos ali diversas as construídas e assinadas por Oscar.
Perderia não, ganharia sim mais um dia inteiro interagindo com o museu e seu acervo assinado por grandes mestres. Curitiba possui o maior olho artístico do sul do país.
Já hospedei-me no hotel obra prima de Oscar na Ilha da Madeira, no hotel Brasília Palace em Brasilia e inclusive já morei no prédio chamado “Casa Del
Brasil” localizado em Madrid na minha época de estudante de Direito. Será que sou fã do grande Criador? E quem não seria?
O Olho hoje é o monumento mais visitado na cidade de Curitiba e um dos 6 museus mais importantes da América Latina.
Quanto orgulho!
Que eternize-se a grande monumentalidade da obra,
Que eternize-se o grande homem Oscar Niemeyer.