007 nasceu aqui!


Sim parece mentira mas é verdade! Foi aqui nessa casa, nesse ambiente maravilhoso diante de um mar fenomenal na Jamaica que Ian Fleming escreveu as 14 sagas de James Bond, o autêntico 007.
Estive lá há um ano e fiquei encantado primeiro com a cor absurda desse pedaço do mar caribenho, depois com o charme da música popular e enfim com o “The Golden Eye”, esse fenomenal hotel, onde o grande escritor inglês fundou e viveu muito tempo,apaixonando-se por um mundo completamente diferente do seu na clássica e antiga Londres. Sim Ian Fleming viveu nessa casa em que fiquei hospedado e fica numa parte privê do hotel, onde não importa qual a sua opção: bangalô de frente pro mar, bangalô pro rio ou na vila Ian Fleming, todos são perfeitos e maravilhosos. Puro Luxo mesclado com história local.

O hotel além de Boutique está instalado numa praia de cair o queixo e os detalhes de decor com a rusticidade da ilha e a sofisticação da herança inglesa é indiscritível, só vivendo para entender. E que gastronomia local! Uau, babei.
Tirar férias e imaginar-se dentro da alma de um dos escritores das mais conhecidas sagas de alta aventura com suspense, é sim um uma experiência única.

O aéreo pra chegar na Jamaica tem algumas boas opções como o trecho São Paulo/Cidade do Panamá/Jamaica pela “Copa Airlines” e vale bem uma paradinha na volta, hospedando-se em bons hoteis na capital panamenha como o “Hard Rock” e/ou o “Rio” com  pelo menos
4 dias na cidade com o maior item no Duty Free.
O grupo ainda possui em “Negril”,  do outro lado da ilha, o deslumbrante “The Caves”, um hotel com uma vista sensacional sobre penhascos, criando formas, desafios e cores. Hospedei-me lá e pirei. Senti-me um privilegiado. Ah,
Inclusive saltei nas pedras em direções ao infinito e azul mar.
Quanto honra estar hospedado num hotel deste grupo, vide o meu, uma relação mais especial.
Quanta honra entender um pouco mais de como um inglês veio parar na Jamaica e transformou esse pedacinho do Caribe em um paraíso sem igual.
Bora Garimpar!