As eternas Dunas de Mangue Seco



A Bahia nunca mais foi a mesma depois da novela Tieta. O que dirá então a pequena cidadezinha de Mangue Seco? Simplesmente suas belezas foram levadas ao mundo inteiro após a exibição na TV de um dos clássicos de Jorge Amado.

Mantendo e conservando suas características originais, a pequena cidade, com boa parte ainda não asfaltada, é visitada o ano inteiro por causa de suas imensas dunas e suas incríveis e imensas praias.
Logo no centrinho encontramos a igrejinha emblemática do folhetim e, graciosa, parece que a mesma faz parte de um pequeno presépio.
O sol lá bate o ano inteiro e não tem quem não fique encantado com o todo que envolve esse povoado.
Uma sorveteria, com sabores bem locais e preparados por Dona Sula, arranca suspiros com suas delícias geladas. Um Garimpo de guloseimas, pois ali também nos deliciamos com doces de Caju e

Banana em calda de primeira.
Esse é apenas um pedacinho minúsculo da Bahia onde um braço de rio e mar separam da divisa sergipana.

Invista nessa jornada e curta cada instante desse belíssimo local.