Turismo | A força do Etna


Subir até o topo do Vulcão Etna é algo único em toda sua vida. O forte odor do enxofre arde muito os olhos, amarga a boca e limita nossa respiração, mas impossível chegar até aqui e não viver essa experiência.
Conforme caminhávamos víamos diversos pontos de fumaça saindo do chão tamanho o calor interno. Parece que o chão treme, parece que a qualquer momento algo muito forte pode acontecer. Estamos frente a frente com a gigantesca borda do vulcão.
Seu poder é inquestionável e todo respeito é pouco diante dessa potência da natureza.
O Etna é um vulcão ativo situado na parte oriental da Sicília (Itália), entre as províncias de Messina e Catânia. É o mais alto vulcão da Europa e um dos mais altos do mundo, atingindo aproximadamente 3343 metros de altitude, variando devido às frequentes erupções.
Além de ser o vulcão mais alto da Europa, o Etna é também a mais alta montanha da Itália ao sul dos Alpes. A extensão total da base do vulcão é de 1190 km², com uma circunferência de 140 km, o que faz do Etna superar em quase três vezes o tamanho do Vesúvio.
É um dos vulcões mais ativos do mundo e está praticamente em constante erupção. Ocasionalmente, o Etna pode ser bastante destrutivo, mas, normalmente, as erupções não oferecem grande risco à população que vive nas localidades próximas. Os solos vulcânicos em redor propiciam bons campos para a agricultura, com vinhedos e hortas espalhados nas faldas da montanha e em toda planície de Catânia.
Para guardarmos a sensação de tê-lo visitado para o resto de nossas vidas.