O mago das lentes Mario Testino



Ir à Lima e não ir ao Museu de Mario Testino é não entender muito do lado premium e culturizado da capital peruana.
Na galeria MATE, antiga casa colonial totalmente restaurada pelo fotógrafo, nos impressionamos com a maravilha da apresentação das artes desse ícone mundial da fotografia.

Mario em primeiro lugar valoriza seu povo e seus costumes, realizando ensaios eternos sobre as diversidades desse povo colorido e místico. Não despreza nenhuma das características locais, muito pelo contrário, expõe as mesmas com o máximo de elegância.

Os famosos estão retratados em diversas salas. Sua musa Kate Moss, aparece em situações diversas acompanhada de todos os estilos de pessoas.

A casa, grandiosa e muito bem decorada, escancara os estilos diversos de fotos que Mario realizou com muito glamour. O visitante fica em êxtase ao assistir o vídeo que explica, de forma interativa, a vida profissional de Mario Testino.

O “Gran Finale” fica por conta da sala de sua amiga Diana ou Lady Di. Lá temos a oportunidade de perceber a alegria e a delicadeza existente dentro dessa mulher que foi um exemplo de humildade e ética, beleza e elegância, entregas e dedicações aos menos favorecidos e doentes. Diana escancara o momento especial que vivia pouco mais de um mês antes de sua partida. Chorei!

Mario é meu ídolo e estar em seu berço representou-me muito e espero que todos que possam ir até Lima presenteiem-se com esse encontro pra lá de especial com a MATE.