Adolfo Stulman | Navegando pelas Ilhas Virgens Britânicas



Diferente da maioria dos arquipélagos caribenhos, as Ilhas Virgens Britânicas (BVI) são um paraíso para os amantes da paz e da natureza que querem evitar os grandes hotéis com seus cassinos, aglomerações nas praias ou navios de cruzeiro no horizonte. As 60 ilhas que formam a possessão inglesa situada a leste de Porto Rico, entre o Oceano Atlântico e o Mar do Caribe, são pouco habitadas e muito tranquilas. Cada uma tem sua infraestrutura hoteleira e de serviços, mas todas elas têm algo em comum: um mar perfeito para os navegadores.




Preferida dos milionários e das celebridades que não querem ter sua privacidade invadida, BVI é frequentada pela família do ex-presidente Barack Obama, Morgan Freeman, Giorgio Armani, Elizabeth Hurley e, há várias décadas, por Richard Bronson, o fundador da Virgin Records que adquiriu sua própria ilha e construiu o maravilhoso Necker Island Resort situada ao norte de Virgin Gorda.



Ao navegar por dias seguidos em BVI entre embarcações e iates de várias nacionalidades, o turista terá a chance de conhecer antigos refúgios dos piratas dos séculos XVII e XVIII, uma infinidade de naufrágios atraentes para os mergulhadores e exploradores de tesouros perdidos, além de praias belíssimas e quase desertas banhadas pelas águas transparentes do Caribe.



Para conhecer BVI no seu melhor estilo, a The Moorings traça um roteiro cheio de aventuras e muita sofisticação a bordo dos catamarãs Leopard 58 fabricados pela Robertson & Caine. No Brasil, a Moorings é representada pela Premium Charters que oferece opções de passeios partindo do porto da capital Road Town, em Tortola, pelas principais ilhas como Jost van Dyke, Guana, Necker, Virgin Gorda e Peter Island, entre outras. Os catamarãs de 58 pés têm cinco suítes para casal com serviço de bordo all inclusive, ou seja, é possível navegar dias seguidos conhecendo ilha por ilha sem se preocupar com a alimentação e acomodação. O serviço é de primeiríssima linha.